Não perca os próximos episódios desta encantadora história ;D

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

13° Episódio :

Ruan estava tão desesperado por um desabafo,que mesmo considerando uma conversa com Amynda algo absurdo,por ela ser a criatura mais sem noção de toda cidade,começou a falar...
Ele falava sem nem esperar uma palavra dela de volta,falava até perder o ar,se desmanchou em lágrimas,contou todos os seus segredos,medos,desejos,tudo!
E quando parou para ouvir a reação dela,deu a volta na árvore aonde ela estava,encontrou ela dormindo num sono muito profundo.
Amynda mais que embriagada pegou no sono logo no começo da conversa ,e pouco ou nada se lembraria daquele encontro com Ruan embaixo da arvore,mas para Ruan isso foi a melhor coisa,ele sentiu como se tivesse alguém ali disposto a ouvir suas lamúrias,e ao mesmo tempo continuou com as suas preferências comprometedoras escondidas.
Na prefeitura Zé Mike,estava muito preocupado com bilhetes anônimos que não paravam de aparecer em seu gabinete,todo dia logo cedo aparecia alguma criança com um papel na mão pra entregar a ele,nesses papéis estavam ameaças a sua vida política ,eram pequenos textos mas bem convincentes :

‘Não adianta esconder, eu sei o que você já fez,faz e vai fazer.’

No começo ele pensou que eram de sua filha Maria Laís,sobre o que ela tinha visto dele com a menor de idade Karolyne,mas depois descartou essa possibilidade pelo fato que nos bilhetes foram aumentando as ameaças:

‘Se depender de mim,a sua pose de político competente acaba num piscar de olhos.’

Ele já desesperado não sabia o que fazer,chamou o português da fábrica de paçocas e pediu ajuda,a esse homem estranho mais já que a sua fábrica ia tão bem,ele devia ser um bom administrador e perspicaz,achou que ele podia o ajudar a descobrir quem era o seu delator .
Ele sabia que seria muito arriscado pedir ajuda ao delegado,já que ele estava acompanhado do juiz Murilo pimenta,que mesmo não estando a trabalho na cidade,podia descobrir suas falcatruas e acabar com seu mandato.
O português era muito sonso,ouviu o pedido do prefeito,nem se interessou em saber o que tinha dito nos bilhetes,parecia um louco cheio de manias estranhas,e logo aceitou ajudar o prefeito em troca de uma favorzinho :
Prefeito querido,só peço uma coisa em troca,afasta aquele rapaz que chegou a cidade o alguma coisa pimenta,tenho alergia a pimenta.

Zé Mike estranhou o pedido do português até riu,achando burrice pura o que ele tinha dito,mas aceitou em afastar o juiz da fábrica e da lojinha da fábrica onde o português e sua esposa trabalham.
O ano já estava quase acabando, Patrícia e Ramon estavam estudando escondidos,pra ela não importava o fato dele na frente dos amigos dele a ignorar,por que quando estava com ele,ele era um doce de pessoa,simpático e muito grato a ajuda que ela estava dando a ele.
Maria Laís e Rodolfo estavam tentando curtir seu amor,mesmo com todas as dificuldades como o pai de Maria Laís e da sem vergonhice de Karolyne,que insistia em tentar envolver Rodolfo em cenas comprometedoras,e fazia a questão de jogar isso na cara de Maria Laís.
Até que ela não agüentou mais e chamou Karolyne para uma conversa:

Cansei, de ver você invejar tudo que é meu,de você tentar atrapalhar minha vida,até meu pai você já conseguiu.

Karolyna apenas respondeu:

Não corri atrás do seu pai,apenas não neguei meus desejos,nossos desejos e vivi intensamente cada segundo com ele,e não posso fazer nada se seu namorado vive me perseguindo.

Ela disse isso com a cara mais descarada do mundo,e recebeu em seguida um belo tapa na cara.

Maria Laís:

Já devia ter te batido faz tempo,você não presta nem a comida que come.

Karolyna ainda sentiu seu rosto arder riu e disse:

Você acha que seu tapa vai me atingir,isso só me incentiva mais ainda a te odiar,eu posso até não prestar mas não nego isso pra ninguém,não sou igual você que esconde quem verdadeiramente é:uma vaca!

E nisso as duas caíram nos tapas,aranhões,e puxões de cabelo,as duas estavam se esbofeteando no meio do pátio do colégio,os alunos da escola fizeram uma rodinha em volta delas,muitos gritos e apostas de quem ia sair mais arrebentada,Antônio que estava passando no outro lado do colégio ouviu o barulho e foi ver o que era,Sarinda que estava na sala dos professores ajudando a professora de português a lançar notas no boletim,também ouviu os barulhos vindo do pátio é fui ver o que era.
Antônio chegou do lado direito e Sarinda do lado esquerda e os dois foram correndo pra separar as duas meninas,que nesse momento mais pareciam duas onças lutando por um pedaço de carne.
E nesse hora Antônio gritou cadê o diretor?Não tem nenhum responsável por essa escola não?Só tem na hora de cobrar da gente bom comportamento,mais na hora de fazer sua parte e manter a ordem não tem ninguém,Sarinda o apoiou em suas palavras.
Mas o que nenhum dos alunos sabia é que o diretor nem tinha ido à escola,tinha chegado o tão esperado dia da sua aposentadoria,e ele nem passou na escola para se despedir,arrumou suas malas e foi embarcar num cruzeiro marítimo.Ele tinha deixado um pedido ao ministério de educação de um novo diretor,e como ainda não tinha chegado o novo prefeito o encarregado em manter a ordem no colégio nesses dias era o prefeito,que nem se importou em dar uma passada lá.
Antônio e Sarinda conseguiram controlar a situação,já que depois de suas indagações todos pararam olharam a sua volta e realmente estranharão a falta do velho diretor.
Rodolfo apareceu logo depois,mal sabia o que tinha acontecido,chegou no meio e Karolyna já foi o abraçando antes mesmo que ele tivesse a chance de ir até Maria Laís.
Ela foi botando a culpa em Maria Laís,e se fazendo de coitadinha.
Confuso com a situação Rodolfo disse para Maria Laís:
Por que você bateu na menina,o que ta acontecendo com você,nunca pensei que você ia se meter numa briga tão feia.
Ele foi a bombardeando de bronca sem ao menos deixar ela falar.
Ela não sabia o que fazer começou a chorar e abraçou sua amiga Sarinda.
Sarinda mandou Rodolfo calar a boca,seu irmão Antônio também não aprovou sua atitude.
O rapaz percebeu nesse instante que tinha cometido um erro e que devia ter ficado ao lado de sua namorada,mas ele era muito bobo ainda,acreditava muito fácil nas pessoas,pouco via a maldade por trás das palavras de Karolyna.
Mas ali ele perdeu muitos pontos com sua amada,que dificilmente seriam recuperados.

3 comentários:

Ana Luiza disse...

"afasta aquele rapaz que chegou a cidade o alguma coisa pimenta,tenho alergia a pimenta" A~SDLÃSDLÃSÇL TAMI MORRI

Custódio, K. disse...

ta quente

TON disse...

UHSUAhsuaHUSHAushuaHSUAhsha PO EPISODIO VODDA *--*
EU JAH FIZ ISSO uma vez U_U.. AsaSYAaSUAhsuha
Num da pra imaginar a lais brigando XD

Postar um comentário