Não perca os próximos episódios desta encantadora história ;D

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

10° Episódio:

Durante essas semanas as investigações do Delegado Calango começaram a fazer algum sentido. Ele começou a sua busca pela das origens das duas funcionárias da fábrica de paçocas,de uma forma convencional,ele ia atrás delas,fazia perguntas,e era respondido por olhares vazios,e pequenas frases como :

Não entendi a pergunta,
Não importa como chegamos,apenas estamos aqui,
Com licença temos que continuar a trabalhar.

O que o deixava cada vez mais intrigado, um dia ele já se sentindo um incompetente parado no meio da cidade olhando para a entrada da estranha fábrica, a colegial Sarinda sentou ao seu lado e interrompeu seu momento de foça profissional, e tentou prestar alguma ajuda dando uma dica para o delegado:
Busque o rosto dessas mulheres nos arquivos policiais da cidade,eles tem mais tecnologia,tenho certeza que logo descobriram a ficha inteira delas.
Foi brilhante,deixou o delegado impressionado com a sua perspicácia,Sarinda sempre foi muito curiosa,ela desde muito nova brincava de Sherlock Holmes,e sonha um dia se tornar uma famosa detetive.
Raimundo Calango não perdeu tempo, escondido tirou fotos das duas moças misteriosas, e enviou para a cidade,com um pedido urgente de algum documento,alguma história que explique o estranho comportamento dessas moças.
Esse pedido chegou como uma bomba na delegacia de polícia da cidade, eles já estavam em alerta de duas mulheres que tinham desaparecido há alguns meses, uma delas era a esposa de um importante juiz da capital,ao receber a carta eles logo entraram em contato com Murilo pimenta já adiantando a ele,que podia ser uma pista do paradeiro de sua esposa Escarlate pimenta.
Ele não perdeu tempo e foi atrás de mais informações.
Enquanto isso na cidade Raimundo calango não fazia a menor idéia que ele estava contribuindo no desfecho de uma triste história.
Murilo já não dormia, já não comia, não conseguia mais trabalhar, se sentia culpado por não ter estado do lado de sua mulher no momento que ela foi seqüestrada.No dia ela tinha ido a uma festa de amigos sozinha, por que ele estava ocupado demais estudando processos e não pode acompanha - lá,então ela foi buscar sua amiga Soraia para lhe fazer companhia,no caminho da festa as duas sumiram misteriosamente.
Ele só conseguiu descobrir que o carro foi visto minutos antes parado perto de um supermercado,e que um casal suspeito estava conversando do lado de fora provavelmente com sua esposa e amiga,essa informação não ajudou em nada na investigação apenas deixou o caso mais estranho ainda.
Por que horas depois o carro foi encontrado abandonado, sem sinais de violência e não foram encontradas as moças. Murilo não parava de se culpar e jurou que só voltaria a sua vida normal quando encontrar sua esposa,e nunca mais a deixaria sozinha.

6 comentários:

Anônimo disse...

Diva maravilhosa

Custódio, K. disse...

mts mistérios *--*

Ana Luiza disse...

Quero o 11 >:

Ana Luiza disse...

TAAAAAAAAAAAMIS, SUA DESMATADORA D:

Ana Luiza disse...

Diva maravilhosa +1

Anônimo disse...

CADE O 11? FFFFFFFFFFFFFFFFUU

Postar um comentário