Não perca os próximos episódios desta encantadora história ;D

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

12° Episódio:

Desesperado com a cena que tinha causado,Ruan sentiu uma necessidade absurda de entender o que estava sentindo,a muito tempo se sentia estranho quando estava próximo de Adreson,desde molequinhos eles eram muito próximos,Ruan tinha um talento para a músico Adreson não,mas para não chatear seu amigo Ruan sempre retraiu seu talento para parecer que Adreson era melhorar.Sem entender o por que ele sempre tentava ajudar.cuidar,proteger Adreson,sem esperar nada em troca.
No começo ele achava normal,considerava isso como provas de amizade,mas depois de um rodeio que teve em outra cidade que ele foi sozinho e conheceu outros rapazes,caras que já tinham viajado o país inteiro,que tinham experimentado de tudo nessa vida inclusive outros sexo,é até o mesmo sexo.Esses rapazes despertaram em Ruan uma curiosidade enorme,e eles ao perceber isso tentaram mostrar ao jovem rapaz que existe desejos muito além do que ele podia imaginar.Sim,Ruan tinha descoberto que tinha desejos homossexuais,e depois isso sempre que via e estava próximo de Adreson,tinha a certeza que era algo a mais que amizade.Mas como sua cidade era muito conservadora,e Adreson um metido a machão,ele nunca deixou transparecer seus sentimentos,tentava ocultar,abafar esses sentimentos ao máximo,mas depois daquela discussão ele percebeu que não conseguia mais esconder do mundo o que sentia.

Ele já não sabia o que fazer,andando pelas ruas da cidade sem destino e sem ninguém que ele pudesse confiar para desabafar,ele encostou numa arvore e quando estava quase começando a chorar,ouviu uma voz:

Ei você ai que ta mal,cai fora que esse canto de afogar as mágoas já é meu!

Era Amynda falando de atrás da arvore,ela estava totalmente embriagada como de costume,e mesmo assim ela conseguiu fazer o rapaz rir e ele se aproximou para conversar com ela.
Ele segurou o choro,e viu ali uma chance de desabafar:

Não entendendo por que você sempre ta bêbada,sua vida não parece ser tão difícil assim,você se auto destrói,eu que devia ta bebendo me acabando por ai,se você estivesse passando a metade do que eu to sofrendo,você saberia o que são mágoas para poder afoga-lás.

Amynda ainda zonza por causa do álcool,mas já atenta o bastante para perceber que era um garoto da escola,um dos bad boys que ela pensava que tinha a vida perfeita,e nisso ela percebeu que nem tudo é o que parece.

4 comentários:

J. Malaquias o. Neto disse...

As aparências enganam! (see me, see you!)

esta ficando melhor com esse tom yaoi deprê!

não pare de escrever! pq eu quero continuar lendo hauhauha

Ana Luiza disse...

HAUHAUA Alok, adorei tamis, atualiza mais porque eu quero ler (r)

Custódio, K. disse...

vejo a amy dando umas porrada nele pra ve se essa bicha vira homem .hm

Ton disse...

UAHSUAhsuhaUHSUAhsh tenso essa pegou de supresa
XD

Postar um comentário